Nunca esperei chegar a este ponto. Demasiadas horas em companhia exclusivamente masculina, é o que é. Como se não bastasse ir retendo o nome de corredores de F1 e de motas, agora vejo atentamente este programa.

Eu, para quem um carro é simplesmente uma coisa que me transporta, de preferência conduzida por outra pessoa (sim, que além de ter de fazer um esforço de concentração sobre-humano a realizar aquilo que é intuitivo para a maioria das pessoas distraio-me sempre à procura dos lenços de papel debaixo do banco na altura exacta em que o carro da frente decide encostar); eu,que normalmente acho as competiçõezinhas de rapidez uma autêntica parolada, estive ontem perto de uma hora a ver uns senhores testarem a rapidez e robustez de carros muito desportivos numa pista apropriada. Juro que vibrei quando eles tiveram de comprar um carro e encher o depósito por menos de 100 libras para depois o testar em diversas provas, uma das quais acelerar contra um muro (tinha mais pontos quem tivesse menos ossos partidos depois disto). E ri-me, ri-me muito, porque eles têm mesmo piada.

Isto só pode significar uma de duas coisas: ou preciso urgentemente de contacto feminino(CC, YoYO e Ups: vamos jantar juntas e galinhar depois de uma tarde de compras?) ou consumo qualquer coisa apresentada com bastante sentido de humor.

Deixe um comentário

Filed under Sem-categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s