Aqui a “silly season” é “silíssima”

O meu cão, coitado, é esquizofrénico. Nem preciso de testes para o comprovar. Se até agora ele se achava um gato, com todos os inconvenientes para nós, pobres donos, que daí advinham (desobdiência, altivez, desinteresse e vontade própria em vez de obdiência, servilidade e adoração aos seres que o alimentam e se deliciam com as suas gracinhas como se fosse um primeiro e único filho); agora deve achar que é um urso. Ou isso ou os cães velhinhos hibernam no Verão…

E eu, que era a raínha do calor, nunca me satisfazendo com uma temperatura inferior à do Inferno num dia mau do Diabo, dou por mim sem força sequer para ir para a praia, a cair semi-desfalecida e invertebrada em todas as cadeiras, almofadas ou sofás entre a sala e a cozinha, sítio onde sou salva por um chá bem gelado de limão e gengibre.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Sem-categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s