My own private final flood



Ontem saí de casa para uma rua liquída de um azul calmo. Da minha jangada cumprimentei os vizinhos do lado que pescavam à porta. À tarde mergulhei, para descontrair, na esquina do supermercado. Depois de atar a jangada a uma árvore resistente, apanhei as conchas que a maré deixara no meu parapeito e jantei a ouvir um rumor que ia e vinha.

Ontem sonhei com um dilúvio e gostei.

Posted by Hello Edward Hooper

Advertisements

Deixe um comentário

Filed under Sem-categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s