Help yourself

Gosto muito do século XXI. Se há uma dezena de anos tinha de dominar a complicada arte de programar o vídeo para ver e rever os filmes que interessam (o clube de video da esquina não ia muito além do Rocky e a RTP2 quando os transmitia, era em horários não conciliáveis com CFQ ou EV às 8 da manhã); agora eles caem-me aos pés. Saem grátis nos jornais, são suplementos de revistas e – pior!- hoje ia eu comprar maçãs quando vi um montinho de dvd’s ao lado da caixa registadora a chamar por mim. Ainda olhei espantada para a menina da loja, a remexer nos trocos do bolso para dar uma gorjeta, um suborno ou assim, mas ela insistiu “Help yourself”. E já cá canta o “Paris, Texas”.

Advertisements

Deixe um comentário

Filed under Sem-categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s