The state that I am in (17)

desenraízada, cansada, despenteada, cheia de vontade de, cheia de vontade de não, a pensar seriamente em começar a fumar e deixar de comer carne, a querer tudo de uma vez, a não saber bem tudo o que quero desta vez e da outra, a avançar para tudo de braços muito abertos, a virar as costas de olhos muito fechados, a começar com garra o que quero acabar, a deitar fora coisas para ganhar espaço para o futuro, a disciplinar-me a não me guardar para o futuro, paralisada a seguir a pensar no que fiz desta coisa da vida, já não vou ser astronauta nem bailarina, ruiva podia ser mas iase perceber que era a fingir, a mergulhar muito fundo, a vir ao de cima sem tempo para respirar, a tentar levar com calma, a tentar não me levar a sério, a decidir que afinal gosto muito de roxo e quero um vestido até ao pés largo que dê para tropeçar, a contar pelos dedos os metros de afunilamento por dia, por mês por ano, por decisão, indecisão,, a rir-me com amigos sem saber bem de quê, a decidir se corto o meu cabelo outra vez ou se volto aos profissionais, a tentar acabar uma linha de tricot, de tese,acordada a pensar que já devia estar a dormir. boa noite

Deixe um comentário

Filed under The state that i am in

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s