Hoje depois de uma dose dupla de

repartições públicas, concluí: são os sítios mais hostis que já pisei. As máquinas dos bilhetinhos com a vez estão sempre encravadas, o que nos obriga a grandes malabarismos e contribui para a irritação inicial. Despois disso é sempre a subir. Ninguém ali quer estar porque tem mais que fazer, até as velhotas reformadas e solitária preferem o centro de saúde por que ali ninguém lhes dá corda à descrição das doenças. Problema temos nós com declarações atrasadas, qual diabetes qual quê. As senhoras que atendem estão à defesa porque sabem muito bem que nós sabemos que leem o e-mail cheio de powerpoints com mensagens de amizade e correntes de desejos na longa pausa entre clientes. Nós cheios de medo com papeis incompreensíveis estamos ao ataque, porque temos a crença profunda que elas não passam de mentes sádicas que bloqueiam de propósito o computador quando chega a nossa vez.. Há ameaças de coima imanente. O próximo na fila é uma ameça. Porque está visto, so pensa em estratgemas de nos passar à frente. Até os bebés Nestlé rosadinhos cuchti cutchi se tornam irritiantes, porque ou choram ou riem abafando os nossos bufares de descontentamento.
Da próxima levo bombons. E uma flor. E nariz de palhaço. E mais trocos para a coima.

Anúncios

1 Comentário

Filed under Sem-categoria

One response to “Hoje depois de uma dose dupla de

  1. e daqueles copos de chocolate quente que aquecem quando depois de pressionar o fundo se agita

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s