Assim estou. Enquanto na televisão, depois do “Conta-me como foi” falam de precaridade dos empregos dos jovens e desfilam o habitual rol de mentes brilhantes no desemprego – enquanto procrastino mais uns minutos adiando por nada mínimas tarefas que têm de ser feitas, viagens que amanhã me vão custar mais, mails que devia ter enviado há semanas – enquanto tento arrumar coisas novas coisas antigas coisas doridas em gavetas – enquanto decido que podia viver só de sol forte e água fria e salgada – enquanto folheio o jornal e só registo o Calvin- enquanto tento não deixar o medo cauteloso abafar-me o bater o crescer o expor do coração.

3 comentários

Filed under The state that i am in

3 responses to “

  1. ccc

    consequencias da neura domingueira.

    Acho que poderiamos levar um pouco mais a serio a nobre tarefa de vender bijuteria na praia…

    bj

  2. al

    Tenho um parecido, só que laranja. É complicado sair à rua com ele, sobretudo aos domingos – essa concorrência desleal.

  3. garfieldebart

    pelo menos o tempo não pára e o verão apróxima-se a passos largos, mesmo que dele só se aproveitem os fins de semana, sempre são melhores do que os de inverno 😉 e o sol, o sol cura tudo, ou pelo menos ajuda muito eheheheh

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s