The state that I am in (24)

A abrigar-me de uma chuva de sapos. Às vezes roda tudo muito depressa e dá vertigens. Gosto. Gosto porque recupero ao de leve, muito muito ao de leve a sensação de espanto de existir com que a infância me presenteava em alguns momentos.

Advertisements

Deixe um comentário

Filed under Sem-categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s