Domingar

na zona mais popular de um destino de passeio pós-almoço familiar.

 Entre as frases ouvidas:

Pai para filho que se tentava equilibrar nuns patins em linha – “Vê lá se não cais, ó cabrão”

Mãe para pai de uma menina moreninha, cheinha e rosadinha como a música Maria albertina – “Ó Zé nã te vás embora, anda escolher o gelado da menina”, ao que o pai respondeu do alto da sua tatuagem, ar niilista e cigarro ao canto da boca “grssshumpft dasse” 

Vendedora de tremoços, pevides, colares de pinhões e nougats -“coma tramoço menina que cura as diabretes todas”

Senhor simpático a fazer piada na banquinha da ameijoa real – “Fartam-se mijar, as gajas”

“Aoperta aperta com ela….” – música bem alta a ser emitida, para os ocupantes que descansavam descalços no areal, de uma carrinha branca comercial enfeitada com toda a parafernália existente na loja do Benfica.

Claro que comi uma bifana, um colar de pinhões, trouxe “tramoços” não vá o diabo tecê-las e ainda ameijoazinhas para preparar como Bulhão Pato nos ensinou. Got to love this, estou lá batida para a semana.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Sem-categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s