“everyone is beautifull”

Contenção. Ou como muitas vezes o mais importante reside nos silêncios e inacções.

O retrato de uma domesticidade funcional, a dança automática das rotinas diárias, gestos coordenados sem ensaio.

Um calor calmo.

Foi isto que gostei neste film, “35 shots of rum”.

When Denis casually introduces Josephine’s wedding day, the lingering closeup of the bride’s neck as her father drags jewels across the nape is simultaneously erotic, cultural and political. It confirms how in Denis’ exotic vision, everyone is beautiful.

Deixe um comentário

Filed under Sem-categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s