escolhi o meu cheiro por ser uma granada flowerbomb, um caminho por ter mais curvas que o fácil dá bocejite, um carro por causa de um filme holly goligthly, os amigos pelas gargalhadas altas baixas longas lacrimosas, tema de tese pela poesia na urgência das coisas aparentemente inúteis l’écume des jours, um anel leve pela história pesada o vosso, escolher-te-ei a ti um dia porque corresponde(rá)s à (in)exacta descrição de coragem daquele poema da Sophia porque

Deixe um comentário

Filed under Learning to ride my own wild horses, Mary Pan

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s