O erro de Lavoisier

Há coisas que se perdem, nem tudo se transforma.

Quando um amor, mesmo um muito grande acaba, torna-se em nada. Um espaço vazio que sabe a e pesa a pedra, mas não o é. Vazio onde estavam risos, lábios,dentes, nada em lugar de braços que antes eram apêndices, sussurros cujo sentido se eclipsa, calor que arrefece e petrifica.

Lavoisier errou.

Anúncios

4 comentários

Filed under Sem-categoria

4 responses to “O erro de Lavoisier

  1. foste tu que te transformaste. não o que já passou.
    respira a liberdade, saboreia a solidão. aproveita.
    .. o carrossel já te apanha na próxima volta.

  2. raspa

    :).

    A mudança, quando deliberada, mesmo que seja díficil é boa. É evolução. Mas continuo na minha: Lavoisier errou. Para onde vai aquele mundinho que se cria?

  3. Pedro Henrique

    “Há coisas que se perdem, nem tudo se transforma.”
    tudo se tranforma sim

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s